Quais as principais espécies de nematoides que ameaçam as plantações de cana-de-açúcar?
Quais as principais espécies de nematoides que ameaçam as plantações de cana-de-açúcar? - 13/02/2020

Um dos principais problemas que afetam a safra da cana-de-açúcar são as doenças causadas pelas infestações de nematoides.

Os nematoides são divididos em duas grandes espécies: os nematoides-das-gralhas (Meloidogne spp.) e os nematoides-das-lesões radiculares (Pratylenchus spp.), sendo que a infestação da primeira é mais comum no Brasil. Porém, é possível que haja infestação, na mesma área, das duas espécies.

Quer saber mais sobre as principais espécies de nematoides que ameaçam as plantações de cana-de-açúcar? Então, continue lendo este post!

Por que os nematoides ameaçam a plantação canavieira?

Ambas espécies atacam o sistema radicular da cana-de-açúcar dificultando a absorção de água e nutrientes, afetando diretamente entre 20% a 70% da produtividade da cultura.

Geram perdas entre 10 a 20t/ por hectare e, ainda, reduzem a longevidade das soqueiras.

Como saber se a minha plantação está infestada?

Se a plantação de cana-de-açúcar está infestada pela nematoide da espécie Meloidogyne é possível perceber os seguintes sinais:

* reboleiras de plantas menores e descoloradas (clorótica);

* a planta ficará mais murcha nos horários mais quentes;

* será menos produtiva em relação às demais;

* apresentará deformações, em virtude das toxinas injetadas.

Já quando há infestação da espécie Pratlenchus, uma grande parte da planta estará necrosada, e, por isso, as raízes ficam deficientes, pobres em radicelas e não conseguem desempenhar corretamente as suas funções.

Como controlar a infestação de Nematoides?

O ideal para controlar as infestações é escolher uma variedade de cana-de-açúcar que é resistente ao parasita.

Porém, existem dois problemas. O primeiro é que não existe variedade no mercado que é resistente aos parasitas M.javanica, M. Incognita e P.zeae.

Depois, uma espécie pode ser resistente a um parasita, mas não aos demais. Diante disso e do desinteresse do mercado em vender espécies resistentes, não é uma opção viável.

A solução mais comum e praticada é o uso de nematicidas químicos que devem ser aplicados nas soqueiras e/ou plantio. No mercado existem três opções: Aldicarb (Temik 150G), Terbufós (conter 150G) e carbofuran (Furadan 50G ou 100G).

Onde devo aplicar o nematicida?

Se a aplicação do nematicida for no plantio, o produtor deverá aplicá-lo no sulco, nos toletes e antes da cobertura dos sulcos.

Por outro lado, nas soqueiras, a aplicação deverá ser sobre as linhas da cana ou ao seu lado.

Com a aplicação do nematicida, já há um aumento da produtividade considerável, passando para 40 ou 50t/ha.

Quando devo aplicar o nematicida?

Pesquisas apontam que há o aumento da produtividade mesmo quando o produto é aplicado na cana seca.

Porém, caso o produtor opte por aplicar o produto químico na soqueira, ele deve levar em consideração três fatores:

* quantidade de infestação;

* capacidade de produtividade;

* tempo de aplicação após o corte.

Se a área que deverá ser aplicada é uma onde se espera baixa produtividade, elas não devem ser tratadas, mesmo que haja um número elevado de nematoides.

Isto porque a produtividade continuará inferior às demais, não compensando o custo da aplicação.

Além disso, em estudo do IAC, descobriu que em canaviais que foram colhidos de julho a setembro (época seca), os melhores resultados foram obtidos quando o produto era aplicado entre 40 e 60 dias do corte.

Destacando que: este é o período ideal para realizar o tratamento, pois é onde existe a maior absorção do produto.

Já para o período chuvoso, o mesmo estudo indicou que deveria ser aplicado logo após o corte ou no máximo 5 dias depois.

Também é possível o controle dos nematoides por meio de controles biológicos e da adubação verde, que são métodos naturais e que, bem fiscalizados, permitem uma plantação livre dos nematoides.

Nestes últimos casos, o controle do solo deve ser intensivo para garantir que não haja nematoides.

Se você quer garantir uma maior produtividade e evitar prejuízos e infestações, conheça o trabalho da Athenas Agrícola de Análise de Nematoides!

navigation

Voltar ao Topo