Você sabe como as plantas absorvem os nutrientes do solo?
Você sabe como as plantas absorvem os nutrientes do solo? - 16/12/2019

Para que uma planta cresça bem e saudável é preciso que ela absorva os nutrientes necessários. E o solo, como todos sabemos, é o ambiente que oferece esses nutrientes às plantas, que os absorvem através de suas raízes.

Mas como esse processo acontece? É possível fazer com que as plantas absorvam com mais eficiência? Continue a leitura e entenda melhor!

Como as plantas absorvem os nutrientes do solo

Apesar de também conseguirem absorver por meio das folhas, as raízes fazem esse processo de maneira muito mais rápida e eficaz.

Os nutrientes absorvidos do solo vão direto para o interior das células da superfície da raiz. Essas substâncias absorvidas na raiz são redirecionadas para todo o corpo vegetal, nutrindo o caule, folhas, frutos e flores, e proporcionando a saúde e crescimento das plantas.

A planta não escolhe o que absorve do solo, que pode apresentar diferentes tipos de nutrientes e outras composições, como os nutrientes (N K Ca Mg, etc.), não nutrientes e até mesmo algum elemento químico tóxico. Por isso, o cuidado com o solo é primordial para que haja uma boa fertilidade do mesmo e, consequentemente, uma boa nutrição das plantas.

Para que a absorção ocorra, é preciso levar em conta também o teor disponível dos nutrientes, que depende de alguns fatores como formas químicas em excesso que se encontram no solo, capacidade de absorção da própria cultura, o desenvolvimento do sistema radicular, condições climáticas e da disponibilidade dos outros nutrientes.

As condições climáticas são muito relevantes para esse processo de absorção. Podemos considerar que uma média que corrobora para absorção da maioria dos nutrientes, independente da cultura, é entre 15°c e 25°c.

São três os processos de absorção que podem ser realizados pelas plantas: interceptação radicular, fluxo de massa e difusão. Abaixo explicamos o que é e como cada um deles acontece.

Interceptação radicular

Nesse processo, a raiz se encontra com o nutriente na medida em que ela vai crescendo e se desenvolvendo, espalhando-se pelo solo em diversas direções. O tamanho do sistema radicular é de extrema relevância para a absorção dos nutrientes que entram em contato com a raiz por difusão e por interceptação.

Por isso, afirma-se que a capacidade das plantas para absorver os nutrientes do solo está ligada com a sua capacidade para desenvolver um extensivo sistema radicular que, por sua vez, está relacionado à atividade do meristema apical das raízes.

O sistema radicular é composto por várias ramificações da raiz principal. Os pelos que se projetam a partir dessas ramificações ajudam a aumentar a superfície de absorção de nutrientes.

Fluxo de massa

As plantas fazem a absorção formando uma espécie de canudo, que “chupa” a água do solo. Nesse processo, 90% da água absorvida é descartada pela planta, retendo para sua nutrição somente 10% da mesma. Diversos nutrientes são absorvidos pela planta nesse tipo de processo. Para essa forma de transferência, damos o nome de evapotranspiração.

Difusão

Esse processo caracteriza-se pela aproximação natural dos nutrientes que não foram absorvidos pela planta no fluxo de massa. Dessa forma, eles passam a ficar próximos das raízes, servindo como uma espécie de reserva de nutrientes para a planta.

Achou interessante? Continue visitando o nosso blog!

navigation

Voltar ao Topo