Como manejar os nematoides da sua cultura de cana-de-açúcar?
Como manejar os nematoides da sua cultura de cana-de-açúcar? - 07/11/2019

Os produtores rurais sabem bem que podem enfrentar diversos problemas na lavoura. Se você cultiva cana-de-açúcar, por exemplo, um dos problemas mais comuns se deve ao ataque de nematoides. Esses vermes podem ser os responsáveis pelo nanismo ou crescimento desproporcional da cana. Ignorar a presença dos nematoides é um grande equívoco, já que os prejuízos chegam à casa dos bilhões de reais. Mas qual seria a melhor forma de manejar os nematoides da cultura de cana-de-açúcar?

Se você enfrenta o problema ou quer evitá-lo saiba, agora mesmo, quais são as melhores medidas a serem adotadas!

Experimente plantar certas leguminosas no canavial

O principal objetivo da adoção da adubação verde consiste no aumento da concentração de compostos orgânicos no canavial. Uma dica interessante é utilizar leguminosas com elevada capacidade de fixação de nitrogênio.

Nesse sentido, a Crotalária spectabilis é uma excelente escolha. Além de dificultar a proliferação dos nematoides, a espécie ainda amplia a produção. Assim, você consegue efetuar um controle natural dos nematoides, praticamente eliminando o risco de profundos danos na cultura de cana-de-açúcar.

Faça um controle biológico mais preciso

Fato é que manejar os nematoides da cultura de cana-de-açúcar está longe de ser algo simples. Na maioria dos casos, é necessário efetuar ações conjuntas. Uma dessas medidas é o uso de micro-organismos que combatam a referida praga da sua lavoura.

Para isso, você pode recorrer à utilização de bactérias ou fungos. Extremamente eficaz, a bactéria Bacillus amiloliquefaciens age duplamente contra os nematoides. Basta aplicá-la no solo da plantação para que ela rapidamente crie uma colônia nas raízes. Em resumo, a presença dessas bactérias dificulta a invasão dos nematoides na parte radicular da cana-de-açúcar.

A segunda ação desse micro-organismo é a síntese de substâncias tóxicas para os nematoides. Com isso, os ovos dos vermes depositados nas proximidades da raiz são eliminados.

Além da respectiva bactéria, você também tem à disposição 2 fungos: Paecilomyces lilacinus e Pochonia chlamydosporia. Ambos comprometem o sistema reprodutivo dos nematoides, impedindo uma multiplicação descontrolada. O ataque, mais uma vez, é direcionado aos ovos do verme.

Utilize agentes químicos

Como nós mencionamos anteriormente, as soluções contra os nematoides variam e, geralmente, devem ser interligadas. Caso a plantação de cana-de-açúcar esteja tomada pelos nematoides, talvez você tenha que usar nematicidas. Não é o ideal, mas tende a ser uma medida temporária e emergencial.

No caso, você deve aplicar os agentes químicos durante a semeadura, exatamente no sulco do plantio. Uma alternativa é pulverizar o produto sobre a soqueira da cana-de-açúcar.

Como você pode supor, o controle da população de nematoides na lavoura é uma tarefa complicada e trabalhosa. Uma das razões para isso é o simples fato de que esses parasitas já ocupam a área de plantio.

Logo, analisar a verdadeira situação do solo antes do plantio é primordial para evitar problemas de grandes proporções no futuro. Essa avaliação, ainda, é determinante para a escolha do melhor método de manejo dos nematoides da cultura de cana-de-açúcar.

Por fim, o IAC (Instituto Agronômico de Campinas) vem pesquisando espécies de cana-de-açúcar que não sejam vulneráveis aos nematoides. Enquanto a novidade não chega, convém manejar os nematoides da cultura de cana-de-açúcar da melhor maneira possível.

Interessado em outras dicas indispensáveis sobre a produção agrícola? Continue acessando o nosso blog!

navigation

Voltar ao Topo