Você entende o termo compactação de solo? Descubra como afeta a produtividade das lavouras e como solucionar esse problema.
Você entende o termo compactação de solo? Descubra como afeta a produtividade das lavouras e como solucionar esse problema. - 15/08/2019

Como a Compactação de Solo Acontece?
A compactação de solo ocorre quando há o aumento da densidade do solo, que pode ser ocasionado pelo tráfego contínuo de máquinas agrícolas pesadas e animais de grande porte ou ainda do manejo inadequado do solo.
É considerado um dos processos mais agressivos de degradação do solo fértil e pode ser confundido com o adensamento. A compactação de solo é causada por fatores externos, já descritos anteriormente, enquanto o adensamento, por fatores internos, como por exemplo, o acúmulo de argila nas camadas mais profundas do solo.


Quais as Consequências da Compactação de Solo?
Solos agrícolas compactados não oferecem benefícios para a produtividade de lavouras, uma vez que promovem a impermeabilidade do terreno, prejudicando o desenvolvimento de plantas e raízes.
Dentre as consequências, podem ser citadas:
• Produção com menor qualidade, culturas e raízes menos desenvolvidos;
• Propensão à enxurrada durante períodos de chuva;
• Falta de água durante a estiagem;
• Maior exposição a doenças devido à aeração deficiente.
É possível identificar a compactação de solo a olho nu, quando são encontradas áreas encharcadas ou a má formação da plantação, sobretudo, raízes ou através de análises laboratoriais. É também comum a utilização do método RMSP (Resistência Mecânica do Solo à Penetração) para averiguar o grau de compactação.


Como Evitar a Compactação de Solo?
Foram selecionadas algumas dicas práticas para que a compactação seja prevenida ou reduzida.
Diminuição do Impacto de Máquinas Pesadas
Embora a pressão exercida por máquinas agrícolas seja prejudicial, não há como evitar totalmente, o seu uso. Uma alternativa para a diminuição dos impactos, é o ajuste da bitola dos implementos, para que seja feito sempre o mesmo trajeto. Nessa técnica, é utilizado o sistema de georreferenciamento (RTK), além do uso de piloto automático para a definição dos rastros, promovendo um tráfego controlado.
Rotação e Sucessão de Culturas
É imprescindível se atentar à rotação e sucessão de culturas de forma a evitar o empobrecimento do solo, durante a entressafra, o que impacta em sua estruturação e, consequentemente, na compactação.
A reposição de carbono no solo é uma forma de retomar a sua estruturação, auxiliando a solucionar a perda de matéria orgânica. Para que isso ocorra, é indicado o cultivo de plantas de cobertura, durante o período da entressafra, além do cultivo de culturas com reposição alta de palha, como o milho.
Remediação da Compactação
Os escarificadores são uma solução para o manejo de áreas compactadas, com mínimo impacto, à camada superficial do solo. Seu objetivo é manter protegida a camada de solo com maior riqueza em matéria orgânica.
Essa prática atua no rompimento da camada compactada, permitindo a infiltração da água. Existem algumas críticas ao processo que possui um custo elevado, mas ele se mostra eficaz na solução de problemas no manejo do solo.


Conclusão
O solo de boa qualidade é o principal ativo para obter uma produção satisfatória das lavouras. A sua preservação é fundamental para a sustentabilidade do negócio agrícola.
Precisa de ajuda? Entre em contato conosco para mais informações e conheça nossos serviços de consultoria. 

navigation

Voltar ao Topo