Minha cultura está infestada de nematóides. E agora?
Minha cultura está infestada de nematóides. E agora? - 24/05/2019

Os nematóides estão entre as principais pragas agrícolas da atualidade. São vermes que atingem diversas culturas e vivem em qualquer ambiente que possua água, mas existem alguns que conseguem viver meses sem a presença dela.

Esses vermes causam muitos danos à produção agrícola, consumindo cerca de 10% da produção global, o que gera um prejuízo de aproximadamente R$ 125 bilhões pelo mundo, segundo dados de texto publicado pela Revista Cultivar.

Existem vários gêneros de nematóide, mas há um que, em consenso, é o mais importante: o Meloidogyne (nematoide das galhas), que está espalhado em produções por todo o globo.

No Brasil, existem três tipos que causam mais danos, inclusive infestam a cana de açúcar, em alguns casos, com bastante severidade. Seu ataque pode chegar a reduzir em 30% o primeiro corte. Nos casos mais graves, pode haver uma redução de 50% nesse mesmo estágio e mais 10% nas etapas seguintes. Isso acaba por gerar um prejuízo enorme para os produtores agrícolas.

É importante frisar que, independentemente do gênero, todos os tipos de nematóides causam danos nas raízes das plantações, o que prejudica a absorção de água e nutrientes e acaba reduzindo o desenvolvimento da planta em questão, resultando em uma menor produção.

Nematóides também podem causar outras doenças radiculares, pois os ferimentos que causam nas raízes facilitam a entrada de fungos e bactérias. Os nematóides podem chegar à plantação de diversas maneiras, entre elas, pela água, através da irrigação, ventos fortes, máquinas, implementos agrícolas, entre outros.

Prevenção e controle são palavras-chave contra nematóides

O tamanho do prejuízo que a praga gera para produtores agrícolas pode ser preocupante, mas existem alguns meios e dicas para que os nematóides sejam evitados.

Uma maneira de prevenção é manter os reservatórios de água e canais de irrigação sempre limpos. Usar mudas esterilizadas também ajuda muito nesse processo, assim como utilizar cultivares resistentes.

Vale ressaltar que o cuidado tem que ser dobrado em áreas já foram contaminadas pela praga. Portanto, é recomendado evitar a circulação de pessoas e animais domésticos (ou qualquer outro) nessas áreas, lavar com muita atenção as máquinas e os implementos agrícolas. Outra dica importante é expor as camadas mais profundas do solo à radiação solar nas horas mais quentes do dia.

Outro ponto interessante é que existem plantas que reduzem a população dos nematóides no solo. Algumas delas são o milho e o sorgo. Por isso, recomenda-se que se faça uma rotação dessas culturas.

Gostou desse post? Continue visitando nosso blog para saber mais sobre esse e outros assuntos, ou entre em contato com a gente: possuímos soluções que podem te ajudar!

navigation

Voltar ao Topo